sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Com amor

"De todo, é uma enciclopédia para o entendermos pior. O amor não se deve entender, e o melhor de todos os amores é justamente o que não se entende. De preferência nada."

Sem comentários:

Enviar um comentário