sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Universidade do Minho pede dinheiro à sociedade

O reitor da Universidade do Minho, António Cunha, anunciou ontem que a instituição vai "pedir dinheiro" à sociedade através de um processo de angariação de fundos, oferecendo em "troca" a missão" da universidade.
"Vamos pedir dinheiro à sociedade", anunciou António Cunha, completando que "não será a troco de serviços ou de investigação", mas sim "a troco da missão que a universidade faz".
O reitor lembrou que este processo é "normal" nos Estados Unidos e no norte da Europa e que é uma forma de "encontrar" novas formas de financiamento.
António Cunha apontou como possíveis mecenas "ex-alunos, pessoas da sociedade a quem a vida de algum modo sorriu" para que, "tendo em conta o papel que a universidade tem no futuro, deem o seu contributo para este projeto que é de todos".
Reconheceu que os planos da instituição foram afetados por cortes, mas destacou o aumento do número de estudantes, maior reconhecimento internacional e um reforço na investigação. "Passámos de cerca de 16500 estudantes para 19 mil", apontou.


Fonte. 

Sem comentários:

Enviar um comentário