sexta-feira, 29 de março de 2013

Já me perdi nas partes. Tampere. Party night.

Um frio desgraçado para sair de casa mas nada que uma vodka de um litro não resolva. Jantou-se já a beber porque não havia tempo a perder. Aqui a noite começa as 22h e acaba as 3 da manhã. Uma maravilha! Arrumar a mesa. Vestir. Sair de casa. Apanhar o autocarro. Alto aqui, tenho que dizer que em 40 pessoas que estavam, 5 portugueses que éramos nos, 3 qualquer coisa e 30 espanhoiis. Têm o autocarro todo controlado por eles. Que animais. A cantar, bater nos vidros, bebidos como um cacho! Um trauma. Chegamos ao destino. Muito giro. Bom ambiente. Música diversa. A nível de música deu 20 a 0 a Portugal. Agora, as meninas são um abuso. Tamanhos dos vestidos, lata, lábia, e a meter conversa. UM VERDADEIRO ABUSO. Senti-me fora da minha bolha. Reparei mesmo que estava numa cena totalmente diferente. E dançar. Aqui é que se vê ! Eles dançam! Mas dançam a sério, não é como em Portugal que mexes um braço e meio mundo olham para ti. Eles dançam! Mas dançam mesmo!
E pronto. Foi muito giro. Até à parte em que o álcool começa a bater a uma amiga e Foi a desgraça e uma aventura até chegar a casa. Só sei que senti o verdadeiro frio da Finlândia! Parecia que tinha agulhas nos pés ! Um gelo!

Sem comentários:

Enviar um comentário