terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Do (meu) cabelo na íntegra natural.


Depois de meio ano sem cortar o cabelo e sem olhar para ele duas vezes, (é a sorte de o ter bonito por natureza), foi a semana passada que me passei!
Estava enorme, pesado, bonito mas muito carregado, as pontas já davam aquele sinal de cansaço que me fez pegar no telefone e ligar a cabeleireira. Liguei e 15 minutos depois estava lá. Foi mesmo assim.
Cheguei lá, o salão só para mim, - obrigado obrigado! -, e BAAANG, más notícias. Depois de lavar e pentear ela reparou que estou com uma queda bem, mas muito, mesmo muito, acima da média.

Eu por acaso já me tinha apercebido de tal situação tendo em conta a quantidade de cabelo que encontrava sempre no chão de casa. Alguma coisa não estava bem, mas não dava muita atenção.

Então, ela alertou-me para o facto e antes que chegue aos 30 e careca ou com "transparências" para fazermos uns testes antes de irmos ao tratamento.
Possivelmente a causa de toda esta queda será o facto de lavar o cabelo todos os santos dias. Um erro colossal! Fiquei totalmente proibida de o fazer a não ser que queira recorrer as perucas aos 40. Posto isto só posso lavar o cabelo de 3 em 3 dias se aguentar bem, senão e de preferência de 4 em 4! Estão a imaginar a diferença? O facto de andar sempre com o cabelo preso no trabalho porque tem que ser, também não ajuda, mas vamos ter de nos aguentar o mais que conseguirmos.
Desta forma a vigilância em casa a cabelos presentes no chão é uma constante, já recorri à ajuda masculina também, e pedi-lhe que mal visse um que me avisasse. Até agora tem sido um descanso.
Vim de lá com menos de metade do comprimento do cabelo. Uma loucura.

Mas já decidi que na próxima, vem uma coisa assim.

Sem comentários:

Enviar um comentário