sexta-feira, 11 de março de 2016

Daqui não saio. Daqui niguém me tira.

Ficamos por Guimarães. A viver e a trabalhar durante os próximos bastantes anos. 
Sim. Admito, feliz por isso.
E a melhor parte é que não vamos ficar a trabalhar juntos. Não me entendam mal, mas isso é tudo em bom.

Sem comentários:

Enviar um comentário