segunda-feira, 10 de abril de 2017

Praticamente um mês depois, voltei.

AMeus caros, foi praticamente um mês que estive ausente destas andanças mas foi por bons motivos.  A minha vida continua a mudar e para melhor. Já vos tinha alertado que Março iria ser o mês de 2017  que vinha para partir a loiça toda. Meio que foi. Faltou um pormenor adiado para Abril, e talvez o mais importante. Mas esperemos que aconteça para vos contar.
Fora isso, meus amigos e minhas amigas. Uma notícia bombástica.

Tornei-me a principal responsável do meu local de trabalho e por outras palavras passei a ser a diretora de loja. Calma, não  troquem "principal responsável" por patroa. Era bom era.
Sendo assim e em funções  à 40 dias, penso que está a correr bem. Penso. Não entrei em depressão nervosa e a loja ainda não fechou por isso acho que sim.
E como é que isto aconteceu?
Bem, era suposto eu só assumir funções quando abrisse uma loja nova na cidade, mas ao que parece está em modo "adiado" sem data de fim. Posto isto, andava descansada da minha vidinha.  Do nada, aparece o meu chefe, que também é meu futuro esposo, (e isto na vida há que serem espertas meninas!), a dizer que vai sair, vai para uma outra loja, com uma dimensão maior e volume de vendas e que eu ia assumir funções.  Como devem imaginar, não é fácil. Nas primeiras duas semanas não dormi, sempre a pensar no que tinha que fazer.  Consultava o mail do trabalho no meu telefone de cinco em cinco minutos. Enfim. Senti-me ali um bocadinho sem chão.  Depois, uma equipa inteira de 12 pessoas "dependentes" de mim. Foi muita pressão assim de uma só vez. E tudo aconteceu num mês "calmo". Foi também por causa disso tudo e maia algumas coisas que não tinha  cabeça  nem disponibilidade para mais nada. Ele está igual. Uma loja nova, uma equipa nova e formas de trabalhar diferentes. Estamos os dois a crescer no nosso emprego e isso é o mais importante. Já que estamos, vamos fazer bem feito. Agora só paramos quando formos "donos disto tudo".

Sem comentários:

Enviar um comentário